Somos quem podemos ser


Quanto esforço empregado para mudar. Quantos dias deprimido julgando as próprias limitações. E ele sempre fazia as mesmas promessas de que iria melhorar, não iria mais agir do mesmo jeito. Passado alguns meses lá estava ele na mesma situação, seguindo os mesmos padrões de comportamento e pedindo as mesmas desculpas. Não havia parado para pensar que as pessoas são únicas e diferentes. 

Somos quem podemos ser.

Todos têm limitações e carregam consigo uma bagagem imensa que conta uma história particular, marcada por vivências boas e ruins. O jeito de encarar o mundo é exclusivo de cada um, com lentes forjadas pela dor e pelo amor. É preciso respeitar o passado de cada um, pois ele imprime a capacidade de lidar com a vida no presente. 

Já pensou que aquela pessoa pode estar se esforçando ao máximo? Mais compaixão e respeito na próxima vez , somos quem podemos ser.

Publicado por

Bianca Menti

Se você chegou até aqui procurando respostas, sinto muito, mas eu também não as tenho. (Tampouco acredito que alguém possa nos ajudar neste quesito). O engraçado é que quanto mais certeza eu tenho sobre esse fato, menos medo eu sinto. A vida é mesmo essa inquietude infinita que nos move sem termos muita segurança! Que assim seja, vamos desfrutá-la!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.