Chaleira de emoções

Estão em ebulição: sentimentos, pensamentos, pele, ossos e cabelos. Não sabe o que fazer com tanta vida contida dentro de si. É um misto de passado, presente e futuro. Não necessariamente nessa ordem.

Já não diferencia o que experimentou do que desconhece. Apenas sente. E a água ferve e pula dentro dessa chaleira de emoções.

Apagar o fogo? Ainda que se queimasse, não seria possível fazê-lo. Retirar a chaleira daquele momento? A interrupção abrupta poderia ser fatal.

O que fazer então?

Silencia, menina. Não a vida dentro de ti, mas a mania de querer e sentir tudo como se não houvesse mais tempo.

Publicado por

Bianca Menti

Se você chegou até aqui procurando respostas, sinto muito, mas eu também não as tenho. (Tampouco acredito que alguém possa nos ajudar neste quesito). O engraçado é que quanto mais certeza eu tenho sobre esse fato, menos medo eu sinto. A vida é mesmo essa inquietude infinita que nos move sem termos muita segurança! Que assim seja, vamos desfrutá-la!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.